Author Archive

Dia 29 de junho – Game Over

Dia 29 de junho é dia de Festa. É o dia de encerramento das atividades letivas do DCC.

Contamos com todos para animar a Lusófona.

Em destaque vão estar os melhores projetos desenvolvidos do Departamento, apresentados em vários espaços da universidade.

E por ser um dia especial, vamos ter também o lançamento do Nº5 do ‘Medialogias’, o jornal do Departamento, e do livro de contos da autoria dos estudantes.

 

Estudantes de CCC colaboram no JPN

No âmbito da disciplina de Géneros Jornalísticos do curso de Ciências da Comunicação e da Cultura (CCC), lecionada pelo Prof.

Ricardo Rodrigues, os estudantes do 1º ano tiveram a oportunidade de passar três dias no Porto a fazerem jornalismo online, numa parceria com Jornalismo Porto Net.

Uma grande oportunidade para os estudantes de CCC conviverem com a prática do jornalismo no terreno e terem oportunidade de publicar online os trabalhos realizados.

Um dos trabalhos realizados é o do Pedro Teixeira, que fez a reportagem sobre a passagem dos estudantes de CCC pelo JPN.

Seminário – As Pessoas Cegas e com Baixa Visão na CPLP – 1, 2 e 3 de junho

Numa organização do Mestrado de Comunicação Alternativa e Tecnologias de Apoio (MCATA) e Departamento de Ciências da Comunicação da Escola de Comunicação, Arquitetura, Artes e Tecnologias da Informação (ECATI) da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), realiza-se nos dias 1, 2 e 3 de junho, no auditório Agostinha da silva da Universidade Lusófona.

O Seminário «As Pessoas Cegas e com Baixa Visão na CPLP», pretende aferir as realidades na vida destes cidadãos e encontrar soluções ajustadas para as mesmas, com enfoque na educomunicação inclusiva em intervenção precoce, na vida e empregabilidade, apresentar desafios e propostas no século XXI para o levantamento das diferentes dificuldades das pessoas com problemas visuais na Comunidade de Países em que tem lugar a Língua Portuguesa e equacionar hipóteses para se estudarem as etapas possíveis e mais eficazes em busca do caminho para a sua vida em cidadania, equidade em direitos e oportunidades, para a qualidade de vida e natural inclusão social.

É mais um claro propósito e incisiva aposta do Mestrado de Comunicação Alternativa e Tecnologias de Apoio para prosseguir o aprofundamento saudável da questão da inclusão das pessoas com deficiência, no caso, essencialmente das pessoas com deficiência visual, procurando atingir objetivos no enquadramento de comunicações nos seguintes Painéis:

  • Nas Políticas e Estratégia da CPLP: Realidades, Propostas e Desafios na Área da Tiflologia;
  • Profilaxia e Educação/Dificuldades de Aprendizagem nas Crianças com Problemas Visuais: Visão Lions e Rotary em Portugal;
  • Investigação, Metodologias e Tecnologias de Apoio: Realidades Inclusivas em Portugal e no Brasil;
  • ONGD Causa Maior em Articulação com Outras Instituições no Desenvolvimento de Projetos Educativos/Formativos (Também na Área da Tiflologia) em Portugal e na CPLP;

Ao mesmo tempo, também é objetivo deste evento contribuir para um alargado e aprofundado debate científico sobre as questões em referência (no espaço da CPLP), salientando o impacto educomunicacional no direito à participação social e qualidade de vida das pessoas com problemas visuais, com vista à compensação e/ou eliminação das problemáticas complexas da comunicação e da educação inclusivas, mediante intervenção precoce na infância e ao longo da vida, bem como das suas implicações na vida familiar, escolar e social das crianças, adolescentes, jovens, adultos e seniores, com deficiência visual e/ou em situação de risco de a poder vir a adquirir.

Prof. Mário Mesquita distinguido pela SPA

No dia 22 de Maio, nas comemorações do Dia do Autor Português e de mais um aniversário da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), esta organização  distinguiu com uma Medalha de Honra o Prof. Mário Mesquita, docente do Departamento de Ciências da Comunicação da ECATI/ULHT.

Foram também entregues Medalhas de Honra a António Arnaut, José Manuel dos Santos, Filipe La Féria, Pedro Barroso, Jorge Fernando, Maria João Pires, à Casa do Artista e ao Teatro da Trindade. O Prémio de Consagração de Carreira foi entregue ao Maestro António Victorino d’Almeida.