Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa»

A Representação da Comissão Europeia lança a quarta edição do Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa». A apresentação de candidaturas pode ser feita entre 30 de junho de 2020 e 30 de julho de 2020.

O regulamento e os formulários de candidaturas estão disponíveis no website da Representação da Comissão Europeia em Portugal.

O Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» é atribuído a jornalistas e a estudantes do ensino superior de cursos de jornalismo ou comunicação social que tenham contribuído de forma notável para clarificar questões importantes a nível europeu ou que tenham promovido uma melhor comunicação entre as instituições da União Europeia e os cidadãos em Portugal. Os trabalhos a concurso devem ter sido publicados ou difundidos pela primeira vez entre 1 de janeiro de 2019 e 30 de julho de 2020.

Esta 4ª edição do Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» será atribuída a trabalhos desenvolvidos nas áreas de imprensa escritarádiotelevisão e internet, em três categorias:

– categoria jornalista – media nacional

– categoria jornalista – media regional

– categoria estudante

O Prémio é promovido no âmbito do respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social e serve como uma homenagem a um dos grandes jornalistas portugueses e especialista em assuntos europeus, Fernando de Sousa, cujo percurso pode ser recordado no arquivo digital do NewsMuseum.

Composição dos júris:

Júri de Pré-seleção

·        Um membro do Gabinete do Comissário de nacionalidade portuguesa: Isabel Arriaga e Cunha

·        Dois elementos da Representação da Comissão Europeia em Portugal: Maria José Rosa Mendes e João Faria

Júri de Seleção:

·           Presidente: Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves

·           Um membro do Serviço de Porta-vozes da Comissão Europeia: Daniel do Rosário

·           Três representantes da classe:

o   Sindicato dos Jornalistas: Sofia Branco

o   Casa da Imprensa: Goulart Machado

o   Clube de jornalistas: Rui Cardoso

Prémios:

O Prémio de Jornalismo «Fernando de Sousa» é repartido pelas seguintes categorias:

·         Categoria «Jornalista – Media Nacional»: um prémio pecuniário de 5 000 (cinco mil) euros

·         Categoria «Jornalista – Media Regional»: um prémio pecuniário de 5 000 (cinco mil) euros

·         Categoria «Estudante»: um prémio pecuniário de 3 000 (três mil) euros

Os vencedores serão anunciados numa cerimónia em data a confirmar durante 2020 e os prémios entregues após a mesma.

Contacto para questões: COMM-REP-LIS-Press@ec.europa.eu

 

Retórica afetiva. Subsídios para a compreensão da natureza do pathos

A Sopcom acaba de lançar o primeiro volume da coleção CADERNOS SOPCOM , uma série de publicações de pequena/média dimensão, que visa promover a divulgação científica de trabalhos da autoria dos sócios nos vários domínios das Ciências da Comunicação. A edição da coleção é da responsabilidade da Direção da Sopcom em colaboração com os coordenadores dos Grupos de Trabalho.

O CADERNO SOPCOM 01 é da autoria de Samuel Mateus, Professor Auxiliar da Universidade da Madeira. Com o título Retórica afetiva. Subsídios para a compreensão do pathos, este número reflete sobre a possibilidade persuasiva das emoções. Numa edição exclusivamente digital, a publicação está disponível em acesso aberto no site da Sopcom, em: http://www.sopcom.pt/ficheiros/CadernosSOPCOM.01.Retórica.pdf

Ficha técnica:

Título: Retórica afetiva. Subsídios para a compreensão da natureza do pathos

Autor: Samuel Mateus

Ano de publicação: 2020

ISBN: 978-989-99840-5-9

      Ricardo Jacinto – Quarta-feira | 17 JUN 2020 – 17H | Auditório Museu Coleção Berardo

      Ricardo Jacinto – Violoncelo Explodido:
Fragmentação e Dispersão como estratégias para uma prática de improvisação site-specific

      Ricardo Jacinto

Músico, artista plástico e arquitecto com pesquisa artística e académica focada na relação entre som e território em práticas transdisciplinares. É membro fundador e co-director artístico do colectivo OSSO e é doutorado pelo Sonic Arts Research Center, Queens University Belfast. Desde 1998 tem apresentado seu trabalho em exposições individuais e colectivas, concertos e performances em Portugal e Europa, e tem colaborado extensivamente com outros artistas, músicos, arquitetos e performers. A sua música foi editada pela Clean Feed, Shhpuma Records e Creative Sources. É representado pela Galeria Bruno Múrias e as suas instalações estão presentes em várias coleções nacionais: Fundação de Serralves, Caixa Geral de Depósitos, Fundação Leal Rios or Fundação António Cachola. Foi co-representante de Portugal na 10a Bienal de Veneza de Arquitectura 2006 e o seu trabalho foi apresentado em diferentes locais como a Culturgest (Lisboa e Porto), Fundação de Serralves, Fundação Calouste Gulbenkian, Palais de Tokyo, Mudam_Luxembourg, Teatro Maria Matos, Museo Vostell, Casa da Música, CCB, Manifesta 08_European Bienal of Contemporary Art, Frac Loraine_Metz ou OK CENTRE_Linz, entre outras

      Resumo

A música é uma prática temporal cujas raízes podem ser eminentemente espaciais. Esta tese enunciou um modelo conceptual e as manifestações práticas de um projecto de pesquisa no contexto da improvisação musical a solo, com base numa relação particular entre improvisação livre e práticas artísticas site-specific. As minhas actividades como violoncelista e artista sonoro com formação académica em arquitectura e escultura, foram articuladas neste contexto para pensar a improvisação a solo através de um formato de apresentação que é um híbrido entre instalação e concerto, num tempo e espaço específicos.

12ª Conferência Comunicação e Jornalismo

Encontra-se na página de FB de CJ o vídeo com a gravação da 12ª Conferência Comunicação e Jornalismo, que decorreu esta manhã, 26 de maio, subordinada ao tema “Jornalismo em tempos de pandemia”. Contou com a presença dos jornalistas Ana França (Expresso) e João Pedro Mendonça (RTP – onde é também editor de Desporto).
A conferência foi assistida por mais de 100 alunos, dos 3 anos de CJ e do 3º ano de CCC/Jornalismo.
Enviamos link onde podem encontrar o post com o vídeo, para a divulgação que considerarem conveniente: