Quarta-feira | 25 MAR 2020 – 18H | Auditório Museu Coleção Berardo

Ressonâncias: corpo e cidade


                                                Daniel Tércio

Professor, ensaísta e crítico de dança, Daniel Tércio cursou Filosofia (UL), licenciou-se em Artes Plásticas (ESBAL), frequentou o Mestrado em História da Arte (UNL) e fez o Doutoramento em Dança (FMH). Integra a direção do INET-MD, coordenando o grupo de investigação sobre estudos da dança. É investigador responsável por projectos competitivos, e por programas de intercâmbio nomeadamente com a Universidade de Lille e com a Universidade Nice Sophia Antipolis, onde foi também professor convidado em 2012. Atualmente coordena o projeto Technologically Expanded Performance e tutela o repositório online Terpsicore.

Resumo

A ressonância pode ser encarada, não apenas como o mecanismo base de funcionamento do ouvido humano, mas também como modelo de geração de conhecimento. Enquanto a razão implica a disjunção entre sujeito e objeto, a ressonância envolve a sua conjunção, onde a razão exige separação e autonomia, a ressonância implica adjacência, empatia e o derrube da fronteira entre quem percebe e o que é percebido. Partindo da experiência do projecto Technologically Expanded Performance – projecto em curso numa parceria entre equipas multidisciplinares portuguesa e brasileira – serão considerados processos de ressonância entre os corpos e as cidades. Andar na cidade convida-nos a sentir as paisagens em termos de emaranhamento perceptivo, e desafia-nos a explorar as ressonâncias de/entre diferentes lugares do e no corpo.

Copyright © 2020 Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias,
All rights reserved. Universidade Lusófona 
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Campo Grande 376, Lisboa, Portugal

Queres mudar a forma como recebes estes e-mails ?
Tu podes actualizar preferências da subscrição ou anular subscrição