INTERACT #30 – Revista Online de Arte, Cultura e Tecnologia

«SENTIR EM REDE: ARTES, ATIVISMO E REDES DIGITAIS»
INTERACT #30 – Revista Online de Arte, Cultura e Tecnologia

Saber mais

Call for contributions!

Organização

Clara Gomes
ICNOVA
Marina Magalhães
ICNOVA

Encontra-se aberta, até 28 de fevereiro de 2019, a chamada de contribuições para a INTERACT – Revista Online de Arte, Cultura e Tecnologia, nº 30, subordinada ao tema “SENTIR EM REDE: ARTES, ATIVISMO E REDES DIGITAIS”, organizada por Clara Gomes e Marina Magalhães, investigadoras integradas do Instituto de Comunicação da NOVA – ICNOVA.

Este número pretende reunir reflexões e experiências de artistas, investigadores e autores nacionais e internacionais em torno das artes e do ativismo desenvolvidos em colaboração com as tecnologias digitais. Nesta edição convidamos a pensar as redes na dimensão da sua sensibilidade ecológica, a partir de colaborações que superem as grandes separações do pensamento ocidental – entre o humano, a técnica e a natureza – e que contemporizem a complexidade dos nossos dias.

No livro “Do Sentir” (Editorial Presença, 1993) o filósofo italiano Mário Perniola declarou que a estética orienta-se não por ter uma relação privilegiada e direta com as artes, mas segundo um campo estratégico que não é cognitivo nem prático, mas do sentir. Logo, se antes o poder estava no saber e no agir, agora ele estaria voltado para o sentir, sobretudo após o incremento da cultura digital, que inaugurou novas formas de sentir, em redes formadas por atores e actantes de naturezas diversas.

À luz de Perniola, a socialização dos pensamentos característica da ideologia foi substituída pela socialização dos sentimentos dasensologia. Assim, apelamos à participação de artistas, ensaístas e investigadores com conteúdos que cruzem as novas formas de sentir em colaboração nas redes digitais. Como é que a experiência estética se inscreve nas novas ecologias da comunicação e informação? Como é que as novas formas de poder e de ativismo atravessam a esfera do sentir?

Os contributos podem ser desenvolvidos por meio processual ou crítico, através de textos de autor, textos de caráter académico, notas de campo, fotografia ou vídeo (até ao limite de 15 minutos), sem esquecer que, por ser uma revista nativamente online, as peças devem ser mais curtas, mais ensaísticas, se não mesmo mais experimentais.

A submissão da proposta deve incluir: título, resumo com 200 a 500 palavras e indicação da secção em que se enquadra (vide abaixo) devendo ser feita até 28 de fevereiro de 2019 para o e-mail das coordenadoras do número [ claragomes@yahoo.com emarinamagalhaes@msn.com]. E, se aceite para publicação, a respetiva peça, em formato editável, deverá ser entregue na sua versão definitiva até 31 de março.