Chamada de Trabalhos

A Revista Lusófona de Estudos Culturais convida à submissão de artigos que, numa lógica inter ou transdisciplinar, concorram para uma discussão crítica sobre assuntos relacionados com género, poder, ideologia, imaginário, identidade, subjetividade, discurso e representação, em diversos contextos políticos e contextos socioculturais (e.g. média, publicidade, cinema, música, fotografia, artes, literatura, moda, educação, ciência, saúde, práticas quotidianas).

Este quinto número da RLEC aceita ensaios e artigos baseados em pesquisa empírica. Dá prioridade a artigos que explorem os seguintes subtemas:

  • Interseccionalidade (e.g. etnia, classe, sexualidade, geração, idade, nacionalidade, religião)
  • Diáspora e migração transnacional
  • Maternidade e escolha
  • Envelhecimento ou ageísmo
  • Lazer e ócio
  • Invisibilidade e hipervisibilidade
  • Hibridez e fragmentação do sujeito feminino pós-colonial
  • Construção da fronteira humano-animal
  • Corpos, sexualidades e desejos
  • Corpo perfeito (im)perfeito
  • Transformações do corpo humano
  • Espaço e espacialidade
  • Lugar, experiências de pertença e sentido de comunidade
  • Culturas do trabalho
  • Cultura visual e performance
  • Cultura das celebridades
  • Normalidade e desvio
  • Poética e estética da alteridade
  • Formação de hierarquias
  • Processos de empoderamento (ou capacitação) e de controlo

Os artigos podem ser submetidos em Inglês ou Português, até ao dia 16 de fevereiro de 2015, na plataforma da Revista Lusófona de Estudos Culturais, seguindo as normas.

Findo o processo de revisão por pares, os autores dos artigos seleccionados deverão assegurar a tradução do respetivo artigo, cabendo aos editores a decisão final sobre a publicação do mesmo.

  • Prazo para a submissão: 16 de fevereiro, 2015
  • Notificação de aceitação: 6 de abril, 2015
  • Submissão dos manuscritos revistos: 30 de abril, 2015
  • Submissão dos manuscritos revistos em Português ou Inglês: 25 de maio, 2015